O princípio da fé na convergência da solidão

Eu tinha sete anos quando meu pai me levou ao cinema. Isso, meados dos anos 60. Era uma Sexta-feira Santa, e saímos para assistir ao filme Vida de Cristo, no Cinema Independência, São Brás, na área onde hoje está a COSANPA e a Seccional Urbana de São Brás. Naquele trecho de Belém (PA).
Filme mudo. Ainda assim marcou tanto que até hoje lembro com certa exatidão. E influenciou bastante na minha paixão pelo cinema (virei habitué das matinês), e no aprofundamento de minha religiosidade. Anos depois, quem sabe pela influência das muitas filosofias, minha fé naufragou na “crítica da razão pura”. Hoje, digamos, sou um “militante” do livre-pensamento.
Mas, aproveitando a época, quero destacar aqui o drama de dois personagens bíblicos referenciais na Teologia Cristã Pura. Adão e Jesus Cristo. Ambos sofreram do mesmo mal: a solidão no seu mais amplo – e universal – entendimento. A solidão do nada. Do abandono intrinsecamente metafísico. Em Adão, foi um sentimento aterrador, da dolorosa solidão físico espiritual percebida em si. Tanto que provocou a compaixão de YHWH. “Não é bom que homem esteja só”. A outra, de mais expressividade e abrangência, foi vivenciada por Jesus na sua máxima agonia: “Pai, por que me abandonaste?”.
Dois momentos, senhoras e senhores deste FB, que permeiam minhas reflexões desde aquela longínqua Sexta-feira Santa, no Cinema Independência. Claro, alcançando seu mais alto grau de convergência na avançar do tempo. Nos anos 1980, entre as tantas questões apresentadas no Curso de Comunicação Social, havia uma que volta e meia saltava aos olhos e ouvidos: Como escrever um bom lide? Uma das sugestões foi emblemática: ler o capítulo 1, versículo 1 do livro de Gênesis. Lá está o maior lide do mundo: “No princípio, criou Deus os Céus e a Terra”. O que vem depois disso, é complemento. Apenas complemento.
Nestes dias, pensemos em nós como partes de um todo. É um conceito meio batido, mas ainda expressa profundo significado. Bom dia a todos e Boa Páscoa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s