Midiático Poder, a família Borges e a oposição no Amapá

Por Heverson Castro
A imprensa amapaense ligada ao grupo político do senador tapetão Gilvam Borges (PMDB), depois de oito anos abriu os olhos e descobriu que o Amapá existe. As rádios e TV´s do coronel eletrônico descobriram que o povo é pobre, carecem de necessidades básicas, que o SUS é um problema, que a BR-156 está sucateada, que as obras do PAC estão paradas, a AFAP ameaçada de liquidação, a CEA ameaçada de ser federalizada e educação com diversos problemas estruturais. Disso todos sabem!
Mas eles não descobriram o porquê da máquina do Governo do Estado está sucateada. Será que eles não conseguem radicalizar o debate político, esclarecendo as verdadeiras causas dos principais problemas que incomodam a população amapaense?
O povo amapaense sabe que o Amapá passa por diversos problemas, derivados de uma grave crise administrativa, financeira, herdada dos oito anos do governo Waldez Góes/Pedro Paulo. O desequilíbrio fiscal e as dívidas herdadas com certeza não foram criados durante os dois meses do governo da Frente Popular. E foi justamente por isso, que os eleitores elegeram Camilo e Dora para governar o Amapá,
A imprensa ligada ao grupo político de Gilvam Borges, amestrada pelos interesses de Sarney, apoiou direta e indiretamente os escândalos de corrupção que varreram milhões dos cofres públicos, inviabilizando o bom andamento dos serviços públicos e consequentemente a melhoria da qualidade de vida da população.
O PMDB e o grupo do coronel eletrônico Gilvam Borges fizeram parte do governo corrupto de Waldez Góes, participando e contribuindo para a atual situação de irresponsabilidade da CAESA. Aliás, eles não fizeram nada de útil à frente da estatal, que até mesmo o ex-governador teve que exonerar os vassalos do PMDB.
O senador Gilvam Borges indiretamente e de maneira criminosa desrespeita as leis e a Constituição de nosso país. Ele tem obsessão por concessões de TV´s e “rádios comunitárias”. Transforma o Império de Comunicação da família em um poder paralelo ao Estado Democrático de Direito, sonegando impostos, já que a maioria das suas rádios e TV´s nem seque pagavam energia durante os oitos anos do governo da dita “harmonia”.
Os Borges querem agora arrotar a moralidade, usando da arrogância de seu arauto (Reginaldo Borges), que desconhece as boas práticas do bom jornalismo.
Eles abriram os olhos? Ou eles sempre souberam do descaso? É hipocrisia cobrar de um governo resultados imediato diante de uma herança maldita.
Os Borges brincam com a opinião pública, a mesma que os derrotou por duas vezes nas urnas, elegendo no voto seu maior adversário, o senador do povo, João Capiberibe.
É por isso que eles não digerem o governo da Frente Popular. Nunca venceram a esquerda no voto.

Anúncios

3 comentários em “Midiático Poder, a família Borges e a oposição no Amapá

  1. CONVERSAFIADA

    Concordo com tudo que voce diz, acho, ou melhor tenho é certeza que esse chorão, está chorando não por não poder fazer mais pelo seu “querido Estado”, mas sim por não poder mais mamar na teta, e ostentar o titulo de SENADOR DO AMAPÁ , que para o Coronel Eletronico , como voce diz, não vai mais poder ter aquelas conceções de rádio e Tv, para lobotonizar a população pobre. Esse “senador” e tão riduculo que seus feitos foram todos comandados pelo presidente do senado bigodudo, que nesse estado pobre e falido pela dinastia GÓES deixou, que ele mesmo não se deu conta de que botar ponte de concreto no Bailique deveria ser obra da refeitura é não do governo do Estado,afinal será que ele e tão ingênuo assim, isso não é coisa de SENADOR, até mesmo a ponte que liga o jarí a monte Dourado no pará não foi concluida isso por que o presidente bigodudo, não autorizou o SENADOR, pau mandado do Amapá, Agora ele chora nas suas rádios, que são prémios de consolo do bigodudo. Estou impresionado com estes politicos daqui, Fala sério PODER PARALELO, fala sério, “senador”,tenha dó, vai chorar na cama que é lugar quente.

    MULLOR FERNANDES
    DO AMAPÁ PARA O MUNDO

  2. É infelísmente, o povo não tem memória fomos governado por esta família famigerada por anos através do pai Capiberibe que infelismente retorna ao poder como senador, isto, porque a lei da ficha suja não valeu, não prevaleceu para esta eleição já que foi comprovado que comprou voto ele e sua esposa. Um estado maravilhoso rico como nosso de recurso naturais invejável para qualquer outro estado deste rincão brasileiro, em que o povo passa as maiores necessidades hoje, como já passou a anos atrás quando o pai era governador, não tinha contrato, concursos e os poucos que teve era lista em cima de lista tirando aqueles que eram merecedor de estarem empregados. Agora temos a sina o desprazer e o desconforto de estarmos sendo governado por mais um Capiberibe “o filho`´ ; que entrou e foi acabando com todos os contratos que tinham neste maravilhoso estado criados pelo governador Valdez Goes este sim, é simbolo de ressalva fez vários concursos asfaltou bairros, criou praças, fez em todos os municípios os super fácil criando milhares de emprego víamos a nossa economia crescer no governo passado e hoje; desempregos, salários atrasados dos poucos contratos que ainda restaram, os caixas escolares também demoram para receber, como posso me maravilhar com estes Capiberibe que acabaram com o meu e o nosso maravilhoso estado do Amapá; só posso deixar a minha revolta contra o caos que se estalou neste estado que infelismente nós o povo aquele que vota e que tem o dever da mudança fez o Amapá voltar a um passado tenebroso colocando estes no poder.

  3. Estou totalmente indignado por tudo que estar ocorrendo de ruim no nosso maravilhoso Estado do Amapá, vendo na mídia a todo instante que os poderes legislativo representados por deputados calhordas e ladrões estão agindo de toda forma para enriquecerem ilicitamente roubando o erário publico do estado; e não confiando também no poder executivo representado por um governo que não estar nem aí para a saúde. para educação sendo, que os professores ainda estão em greve; e este governo sem experiência não encontra uma solução plausível. Mas tudo isso, acontece pela nossa culpa como eleitores sempre acreditamos em calhordas que veste a roupa de político honesto e bonzinho que vai encontrar a solução pra tudo e que ainda, diz – que dinheiro tem e falta gestão, temos que realmente mudar e melhorar a situação do estado com pessoas que realmente tenham o compromisso com as questões que afetam nossa vida, colocando pessoas realmente dignas que tenham este compromisso. Jamais podemos voltar a um passado tenebroso em que tudo era ruim com estes que governo o estado, que infelismente foi colocado por nós eleitores sem memória no poder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s