Transição no governo do Amapá em andamento

Solenidade na Caixa
Governador eleito do Amapá, Camilo Capiberibe, apresenta sua equipe de transição
“A equipe de transição necessariamente não será a equipe de governo a partir de 1º de janeiro”, com esta observação, repetida inúmeras vezes nas entrevistas concedidas na manhã de terça-feira, 16 de novembro, na ante sala do auditório da Superintendência da Caixa, no bairro do Buritizal, o governador eleito do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB), deu início à cerimônia de apresentação de sua equipe de transição cujo trabalho já começou.
Apresentação dos escolhidos
A relação, composta por 15 nomes, não apresenta grandes surpresas, e foi considerada por quem compareceu ao evento, como “previsível” devido sobretudo ao perfil de trabalho do futuro governador. Boa parte dos escolhidos é próxima a Camilo, com bom nível superior, algumas com pós-graduação em suas áreas acadêmicas. Outras foram indicadas por aliados de campanha, tanto do primeiro quanto do segundo turno, e igualmente tem boa formação técnica.
Durante a apresentação, o governador eleito fez questão, novamente, de ressaltar que os integrantes da equipe de transição não podem ser vistos como futuros membros do primeiro escalão de seu governo, mas deixou subentendido que dependendo do desempenho nos trabalhos junto ao governo Pedro Paulo Dias de Carvalho alguns nomes podem ser, sim, aproveitados para compor seu secretariado.
Transição de governo
O governador Pedro Paulo, que por sete anos e três meses foi vice-governador na gestão Waldez Góes (PDT), além de ter acumulado o cargo de secretário de Estado da Saúde, vem reiterando que pretende facilitar sobremodo o trabalho da equipe de transição do governador eleito. No rápido discurso no auditório da Caixa, Pedro Paulo reafirmou essa decisão sinalizando que seu governo estará “24 horas à disposição do governador eleito e de seu pessoal” para quaisquer esclarecimentos.
Relação dos escolhidos
Dos relacionados estão alguns já conhecidos como o professor e advogado Marcos Roberto, o ex-secretario especial do governo Dalva Figueiredo e ex-superintendente do Ibama/AP, Edivan Barros, e os ex-secretários de Estado Ely Almeida e José Ramalho. Os coordenadores da equipe serão o advogado Juliano Del Castilo e José Ramalho. Veja os nomes:
Juliano Del Castilo Silva, Ely da Silva Almeida, Luis Afonso Mira Picanço, Ivanci Magno de Oliveira, Kelson de Freitas Vaz, Marcos Roberto Marques da Silva, José Ramalho de Oliveira, Eduardo Neves Trindade, Meryan Gomes flecha, Amerson da Costa Maramaude, Dario de Jesus de Souza, Edivan Barros de Andrade, Regiclaudo de Souza Silva, Edson Alcântara Valente e Mirian Alves Correa.

Anúncios

Um comentário em “Transição no governo do Amapá em andamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s