Em queda livre

Governador e antecessor presos no Amapá perdem posições em pesquisa do Ibope

JEAN-PHILIP STRUCK
DE SÃO PAULO

Pesquisa do Ibope mostra o novo quadro de intenções de voto para o governo e para o Senado do Amapá após a operação da Polícia Federal, que prendeu o governador e seu antecessor.

Com 19% das intenções de voto e em terceiro lugar em agosto, o governador Pedro Paulo Dias (PP), que disputa a reeleição, aparece agora com 11% e na quarta colocação.

A pesquisa foi realizada entre os dias 10, dia da operação Mãos Limpas, e hoje. Na semana passada, a PF prendeu Dias, o ex-governador Waldez Góes (PDT), candidato ao Senado, e outras 16 pessoas.

De acordo com o Ibope, à frente de Dias estão ex-deputado Lucas Barreto (PTB), que tem 34% (1º lugar), o deputado Jorge Amanajás, com 21% (2º), e Camilo Capiberibe (PSB), com 17% (3º).

Para o Senado, o ex-governador Góes, preso pela PF na sexta-feira, que na última pesquisa aparecia em primeiro lugar, com 38% das intenções, caiu para o quarto lugar e agora tem 35%, embora ainda esteja tecnicamente empatado com outros dois adversários.

João Capiberibe (PSB) está em primeiro lugar, com 39%. Randolfe Rodrigues (PSOL), com 36%, está empatado em segundo lugar com o candidato Gilvam Borges (PMDB), também com 36%.

O Ibope entrevistou 812 eleitores em 13 municípios do Estado, no período de 10 a 13 de setembro. A margem de erro é de 3%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s