GEA silencia

11/09/2010 – 09h57

Governo do Amapá afirma que colabora com apuração sobre desvios

DE SÃO PAULO
DE MANAUS

Folha.Com

O governo do Amapá afirmou que só vai se pronunciar oficialmente sobre a prisão do governador Pedro Paulo Dias (PP) e candidato à reeleição após a Polícia Federal divulgar oficialmente os nomes dos presos e mais informações sobre a Operação Mãos Limpas. Porém, afirmou, por meio de sua assessoria, que está colaborando com as investigações.

Integrantes do diretório do Partido Progressista no Amapá e também do diretório nacional não foram encontrados para comentar a prisão.

O advogado do ex-governador e candidato ao Senado Waldez Góes (PDT) –que também foi preso–, César Caldas, afirmou que ainda não teve acesso ao processo contra seu cliente.

“Nós ouvimos aqueles que foram somente dar depoimento hoje [ontem] e achamos que a polícia não tem nada contra Góes. A prisão não vai prejudicar a campanha dele ao Senado”, disse.

Além do governador e de Góes, a Polícia Federal prendeu mais 16 pessoas acusadas de desviar recursos públicos do Estado e da União.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s