Governador na cadeia

Defesa do governador do Amapá adia pedido de habeas corpus

Publicada em 11/09/2010 às 20h06m

Demétrio Weber

Globo Online – País

BRASÍLIA. A advogada Patrícia Aguiar, que defende o governador do Amapá e candidato à reeleição, Pedro Paulo Dias (PP), desistiu de ajuizar pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal para tentar libertar o governador ainda neste sábado. Ela disse que a equipe de advogados de Dias está lendo o inquérito do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que levou à decretação da prisão temporária de 18 políticos e servidores públicos do Amapá na última sexta-feira. Eles são acusados de envolvimento num esquema de corrupção e desvio de recursos públicos. Ontem à noite, todos chegaram a Brasília, onde estão detidos.

– A gente está verificando qual a linha (da defesa). Tudo será feito com cautela, para preservar a imagem do governador – disse Patrícia, por telefone, às 19h20 deste sábado – Os autos (do processo) são muitos volumes.

Ela afirmou que ainda não está decidido se será protocolado um pedido de habeas corpus no Supremo ou se será solicitada a revogação da prisão diretamente ao STJ. A advogada disse que a decisão depende da leitura do inquérito, ao qual teve acesso hoje. Patrícia não descartou sequer a possibilidade de não recorrer contra a prisão temporária, deixando que o governador permaneça detido durante os cinco dias previstos na prisão temporária.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s