Candidata petista rafirma princípio de desmantelamento de corrupção, ‘doa a quem doer’

‘É absolutamente de acordo com o que nós sempre fizemos’, diz Dilma, sobre prisões no Amapá

10 de setembro de 2010 | 14h 53

Elder Ogliari, da Agência Estado

PORTO ALEGRE – A candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, disse que a prisão de 18 pessoas no Amapá, inclusive do candidato ao Senado Waldez Góes (PDT), para quem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu votos, está “absolutamente de acordo com o que nós sempre fizemos”, dando a entender que a postura do governo federal diante de casos semelhantes é sempre a mesma.

“A gente tem tido em relação à Polícia Federal (que efetuou as prisões), à Controladoria Geral da União e todos os órgãos de investigação a seguinte informação, que sempre foi a do presidente Lula: desmantela esquema de corrupção, doa a quem doer”, afirmou, em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira, em Porto Alegre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s