Pobre Amapá!

Eles voltarão para lamber o fundo do prato

Quantas crianças e jovens estão com o futuro comprometido porque os recursos da Educação foram desviados pela organização criminosa comandada, segundo a Polícia Federal, por homens que deveriam zelar pelo bem estar desses pequenos amapaenses? Aliás, homens?! Será que podemos chamá-los assim ante às acusações dos crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, advocacia administrativa, ocultação de bens e valores, lavagem de dinheiro, fraude em licitações, tráfico de influência e formação de quadrilha? Homens?!

Não, não podemos atribuir alguma humanidade a seres que, criminosamente, patrocinaram os butins – ou deles participaram diretamente – contra o dinheiro federal que deveria ser aplicado na Educação, na Saúde, na Segurança Pública, no Transporte, etc. Que geraria benefícios os mais diversos para a população carente do Estado do Amapá. E um Estado pobre como Amapá tão vilmente saqueado dessa forma!! Que tristeza!!

Infelizmente, os evolvidos não são somente homens. Há mulheres partícipes da corja. Mulheres ativistas da conspiração, por si de uma sordidez indescritível, contra o dinheiro dos estudantes, dos usuários do sistema de saúde, daqueles encurralados em suas casas porque tem medo do bandido que vive solto nas ruas, da casa popular, do transporte urbano de qualidade. Mulheres que deveriam ser o exemplo, também envolvidas no pior de todos crimes: * o de lesa-pátria.

As prisões efetivadas pela PF em Macapá não surpreenderam. Os homens e mulheres integrantes da organização criminosa que assaltou o Governo do Estado passaram a se sentir tão impunes que começaram a agir com extrema desenvoltura na pilhagem do dinheiro público. Por que se sentiam assim? Simples! Com as chaves do cofre nas mãos, compraram o silêncio da imprensa. Em seguida, estenderam os tentáculos da organização arraigada no âmago do governo para outros poderes: Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa do Amapá, Prefeitura de Macapá, Tribunal de Justiça.

São oito anos de saque contínuo, intermitente, avassalador. Observem em volta, quando saírem de suas casas e estiverem fazendo um inocente passeio, por exemplo, às proximidades do Complexo Beira-Rio, na praça do Coco, em frente ao Macapá Hotel. Prestem atenção na quantidade de carrões luxuosos em desfile, no vai e vem de fim de tarde. Ali, tem muita gente que enriqueceu durante o governo Waldez Góes. Ganhou muito dinheiro escuso resultado de negociatas na Educação, na Saúde, na Infraestrutura, na Segurança Pública.

E essas pessoas (pessoas?!) que foram presas pela PF serão liberadas em, no máximo, cinco dias. Virão na TV e no Rádio com a maior cara de pau, com a maior desfaçatez, tentar enganar novamente. E pior, conseguirão enganar. Afirmarão, com a voz embargada, que jamais cometeram os crimes dos quais foram acusadas. E jornalistas e radialistas lambe-botas jurarão que eles estão certos. Dirão que a PF agiu precipitadamente. Que a Justiça errou ao prender homens e mulheres de condutas ilibadas. Honestos e dignos cidadãos e cidadãs somente preocupados em se reeleger ou eleger-se governador e senador porque querem dar um futuro melhor para o Amapá.

Aposto com quem quiser como logo veremos Waldez Góes, Pedro Paulo Dias de Carvalho, Júlio Miranda do TCE e outros e outras aparecerem na TV ou falarem no rádio com a face compungida, o tom de voz indignado, cenho franzido, a condenar a Justiça, a desmoralizar a operação deflagrada pela Polícia Federal, a criticar com veemência as redes sociais (blogs, sites, twitter, orkut, etc), a jurar, contritos, inocência e, ao final, a pedir como esmoleiros mais uma chance para provar ao povo amapaense a dimensão de suas boas intenções. Quanta falsidade, meu Deus!!

E vocês querem saber? O Povo ainda cai nessas e outras!

Pobre povo amapaense!!

Que Deus tenha piedade de nossas almas!

* É um crime contra o interesse ou patrimônio público para atender a interesses particulares. É mais comumente cometido por ocupantes de cargos públicos.

Anúncios

2 comentários em “Pobre Amapá!

  1. Na minha humilde e singela opnião, o senhor como a auto-demoninação de jornalista, deveria ser mais que ninguem imparcial nestas noticias, devia noticias sim, mas não acusar as pessoas, isso cabe a policia federal, e não a um simples cidadão, os fatos nem se quer foram apurados, e se eles forem inocentes, onde fica a sua intole como jornalista?

    P.S: não estou apoiando os canditados, só tando um critica em seu trabalho, não me leve a mal.
    obrigado por lêr meu comentario

  2. Políticos deveriam ser varridos do cenário político, quem deveria fazer isso? O povo. Mas concordo que ainda estamos longe de atingir esse patamar de maturidade.
    Enquanto isso, parabéns por tentar sensibilizar as pessoas nesse firme propósito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s