Descompassos

Deputados cometem excessos em debates sobre mortes de bebês

Durante a sessão de segunda-feira, 3 de maio, na Assembleia Legislativa do Amapá, alguns deputados cometeram certos exageros  nos discursos proferidos no decorrer dos debates sobre a reportagem mostrada pelo “Fantástico”, programa dominical da TV Globo, referente às dezenas de mortes de recém-nascidos na Maternidade Hospital Mãe Luzia. Dois deles se destacaram: os deputados Manoel Brasil e Jorge Salomão. O primeiro, indagou em plenário porque o interesse da TV Globo em assunto tão constrangedor para os amapaenses se a emissora poderia explorar “as riquezas ecológicas e turísticas do Amapá” e mostrá-las em rede nacional. Já o deputado Salomão atribuiu aos médicos/médicas do Amapá toda a responsabilidade pelas mortes dos bebês no berçário do “Mãe Luzia”. Esqueceu-se ele (Salomão), o isso foi-lhe lembrado pelo deputado e também médico Dalto Martins, que ao atacar a classe médica igualmente atingia um membro da família, uma irmã que, além de médica, é funcionária pública. Salomão sorriu um riso magro e fitou o vazio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s