Samba desafinado

Carnavalescos brigam e liga decide

que todas as escolas são campeãs

A decisão inédita e polêmica está gerando

muita confusão e pode acabar no TJAP

As dez escolas de samba que desfilaram na avenida Ivaldo Veras, trecho onde localiza-se o sambódromo de Macapá, no bairro Marco Zero, foram declaradas vencedoras do carnaval 2010, numa decisão inédita – e polêmica – do conselho da Liga das Escolas de Samba do Amapá, presidido por Marjô Silva. A medida foi anunciada após uma verdadeira batalha campal ser travada por carnavalescos e simpatizantes da Escola de Samba “Boêmios do Laguinho” contra representantes da Liesa.

A confusão

A avenida Ivaldo Veras virou uma verdadeira praça de guerra na tarde da quarta-feira, 17 de fevereiro, durante a apuração do resultado do desfile das escolas de samba do grupo especial. Uma nota de um dos jurados ao quesito mestre-Sala e porta-bandeira da Escola “Boêmios do Laguinho” foi o estopim de episódios deploráveis envolvendo radialistas, representantes da escola supostamente prejudicada, Polícia Militar e integrantes da Liga das Escolas de Samba (Liesa).

A confusão iniciou quando a nota foi anunciada. O radialista Eraldo Almeida, da “Boêmios do Laguinho”, perdeu o controle e, de punho cerrado e esbravejando furiosamente, partiu para cima da presidente da Liesa, Marjô Silva. Os seguranças agiram rápido e contiveram Almeida. Porém, o radialista conseguiu se desvencilhar e novamente avançou em direção à presidente da Liesa, vociferando palavrões. Mas, em vez dos seguranças da Liesa, Almeida esbarrou com um grupo de policiais militares.

A polêmica

O presidente da “Boêmios do Laguinho”, advogado e procurador do município de Macapá, Vicente Cruz, igualmente reagiu com extrema indignação contra a Liesa. Nos seus muitos desabafos, disse que estava se sentindo prejudicado por conta de uma nota que não condizia com a realidade do carnaval apresentado pela “Boêmios”. Cruz lamentou o que classificou de “julgamento equivocado” do quesito causador das escaramuças na “Ivaldo veras”.

Contudo, o clima ficou mais tenso quando a presidente da Liesa distribuiu nota avisando que todas as escolas de samba que participaram do desfile do grupo especial estavam oficialmente declaradas campeãs do Carnaval 2010. A notícia provocou mais indignação, não somente de todos os carnavalescos que se encontravam no sambódromo, mas, também dos simpatizantes e brincantes das agremiações, e de jornalistas e radialistas que, desde as duas horas da tarde, se encontravam no local fazendo a cobertura do evento.

Anúncios

2 comentários em “Samba desafinado

  1. Isso é uma vergonha.. Alguns dizem q o Vicente Cruz se rebaixou.. Claro.. Diante de tanto roubo.. Pq siim, isso foi roubo.. Nunca aqi em macapá havia tido um caranal tão lindo.. Fechou com chave de ouro.. e pensam q somos idiotas.. O BOÊMIOS DO LAGUINHO é O CAMPEÃO.

  2. Não entendo… o governo repassa dinheiro a rodo para o carnaval… mas, se quiser assistir o povo ainda paga 20 reais no ingresso. Ninguém presta conta de nada. Afinal, se é dinheiro público não precisa ser prestado conta da aplicação, segundo a lei? Cadê o Ministério Público????????????????????
    E a Marjô, ministra da educação? Hostiliza e tenta humilhar a imprensa, mas se borra diante de uma pressãozinha de um punhado de dirigentes de uma escola e toma uma decisão, no mínimo, assustadora. Sou a favor é da profissionlização do nosso pseudo-carnaval, para que a “mamãe” governo precise pagar a conta. Quem sabe, assim, valha a pena pagar os 20 reais. eu não dou nem 3!!!! Ainda insistem em dizer que é o terceiro melhor do Brasil, atrás apenas de RJ e SP. Que piada!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s