Um covil de ladrões

As aves de rapina no DF continuam em seus ninhos

As imagens que mostraram figurões da política, no Distrito Federal, recebendo dinheiro de origem duvidosa descortinaram, mais uma vez, um país mergulhado em rapina e hipocrisia, cujos habitantes parecem divididos em apenas duas categorias: corruptores e corrompidos. Os corruptores são aqueles dispostos a pagar qualquer quantia para ter seus interesses atendidos e com a garantia de alta lucratividade. Os corrompidos estão em todos os níveis. Podem ser renomados magistrados, ministros, senadores, deputados, vereadores, funcionários de todos os escalões, diretores de departamentos, guardas de trânsito, flanelinhas e até garis.
Por isso que o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) não titubeou em minimizar os efeitos das imagens exibidas em rede nacional de televisão. Para o presidente, “elas não falam por si”. Ou seja, para Lula o governador do DF, José Roberto Arruda (DEM), é inocente. Bem como os demais personagens apresentados como possíveis beneficiários de um enorme esquema de corrupção montado a partir das entranhas do governo de Arruda. No entender de Lula, somente na conclusão dos processos os envolvidos serão identificados, e assim mesmo não podem ser vítimas de pré-julgamentos.
Sem dúvida, no exercício da Presidência Lula tornou-se um exímio sofista. Aproveita-se de sua cacoepia para confundir o interlocutor ao externar, sem nenhum comedimento, as opiniões mais surrealistas sobre tudo. Argumento como o de Lula é como gasolina em fogo brando: incendeia as mentes e os corações da juventudade brasileira.
Não é à toa que Lula vem ganhando notoriedade por defender em público reconhecidos facínoras. Começou no Mensalão e se espalhou por outros episódios idênticos, também muito explorados pela mídia. Isso é ruim para o futuro do Brasil. Se é que tem algum futuro a ser construído. Principalmente porque diante de tanta impunidade (alguém ainda acredita numa punição para José Roberto Arruda?) o povo “incomum” já começa a perceber o quanto é estreito o fosso que separa corrupção de corruptores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s